Acessibilidade no Cartão Reforma

Brasília, 12 de junho de 2018.

Adequação do Sinter ao Cartão Reforma e participação do Guará no projeto piloto de implantação do sistema motivaram reunião do Confea com o administrador da Região Administrativa do Distrito Federal
Adequação do Sinter ao Cartão Reforma e participação do Guará no projeto piloto de implantação do sistema motivaram reunião do Confea com o administrador da Região Administrativa do Distrito Federal

A participação do Sistema Confea/Crea no programa Cartão Reforma, do governo federal, poderá ser mais intensificada do que propunha inicialmente a parceria que abrange ainda o Conselho de Arquitetura e Urbanismo – CAU/BR e o ministério das Cidades. Por iniciativa do Confea, será levada à discussão a possibilidade de que as obras e serviços de engenharia, a serem contratados pelo projeto que envolve recursos na ordem de R$ 1 bilhão para reformas de residências para a população de baixa renda, contemplem também a acessibilidade das habitações e calçadas. Já está definido um projeto piloto, a ser levado, em breve, a bairros de Foz do Iguaçu (PR) e Manaus (AM).

Nesta segunda (11), em reunião no Confea, foi dado o primeiro passo para que esse projeto alcance também a região administrativa do Guará, no Distrito Federal. “O projeto se integra ao Sistema Nacional de Gestão de Informações Territoriais – Sinter, conduzido pela Receita Federal e que unificará o cadastro urbano do país por georreferenciamento. Estamos buscando incluir, nesse projeto piloto, a acessibilidade no Cartão Reforma, com base nesses dados do Sinter. Faremos a recepção de dados de cadastro e das infraestruturas implantadas nas vias, buscando difundir isso junto ao Tribunal de Contas da União e o Ministério Público da União e, internamente, junto ao GT Acessibilidade e aos profissionais”, diz o conselheiro federal Alessandro Machado, que participou de uma reunião entre o CAU, o ministério das Cidades, no Confea, no último dia 6.

Confea e Guará deverão promover acordo de cooperação para encaminhar a iniciativa
Confea e Guará deverão promover acordo de cooperação para encaminhar a iniciativa

Ao lado do assessor da superintendência de Integração do Sistema, eng. civ. Luiz Roberto Sega, e do assistente do Sinter no Confea, eng. agrim. Ângelo José Fábio, Alessandro recebeu o administrador do Guará, Luiz  Carlos Júnior,  e os engenheiros civis  Sanches André e Marcos Vinicius. Todos apontaram a importância de um acordo de cooperação entre o Confea e a administração do Guará para que o piloto chegue também ao Distrito Federal.

“Esperamos chegar a órgãos com outros órgãos através do Crea para promover, em parceria com empresas, a sinalização horizontal e vertical e outras benfeitorias relacionadas à acessibilidade. Para isso, contaremos com o apoio do deputado distrital Rodrigo Delmasso (PRB)”, comentou Luiz Carlos Júnior. “Queremos contar com as informações sobre novos empreendimentos na região administrativa do Guará para que possamos garantir a atuação regulamentar dos profissionais de engenharia, uma coisa ajuda a outra”, apontou o conselheiro federal.
Equipe de Comunicação do Confea


Enviar para amigo

Notícias

Busca

Texto:

Data inicial:

/ /

Data final:

/ /


SEPN 508 - Bloco A,
Ed. Confea - Engenheiro Francisco Saturnino de Brito Filho
CEP: 70.740-541 - Brasília, DF
Telefone Geral: (61) 2105-3700

Quem é quem | Politica de privacidade | Todos os direitos reservados